A MONITORIA E A LÍNGUA INGLESA NA FORMAÇÃO DO TECNÓLOGO EM GESTÃO EMPRESARIAL

RAQUEL TIEMI MASUDA MARECO, MAYRA SOELLYN GONÇALVES

Resumo


O presente trabalho objetiva detalhar as observações feitas durante um ano de monitoria, da disciplina de Inglês, com uma turma de graduação tecnológica da Fatec de Presidente Prudente. Com o trabalho feito em parceria com a professora da classe observada, um grupo deles frequentou a monitoria e teve melhora significativa no desempenho da avaliação. Estes alunos influenciaram a presença de outros da mesma sala, e de outras salas e cursos, melhorando a quantidade de alunos frequentadores. Após o primeiro semestre observado, vários dos alunos que tinham assiduidade na monitoria, deixaram de frequentar, porém, mantiveram o nível de desempenho da última prova do segundo semestre. Temia-se que os alunos criassem algum grau de dependência da monitoria e, após o período de observação, concluiu-se que os que frequentaram a monitoria conseguiram autonomia no estudo da língua inglesa, passando a figurar entre os alunos com boa ou ótima performance.


Texto completo:

PDF

Referências


GARCIA CABRERO, B. et al. 2016. Las competencias del tutor universitario: una aproximación a su definición desde la perspectiva teórica y de la experiencia de sus actores. Perfiles educativos, México, v. 38, n. 151, p. 104-122. Disponível online em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0185-26982016000100104&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 03 ago. 2016.

HAAG, G. S. et al. 2007. Contribuições da monitoria no processo ensino-aprendizagem em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 61, n. 2, p. 215-220. Disponível online em: www.scielo.br/pdf/reben/v61n2/a11v61n2.pdf. Acesso em: 05 nov. 2016.

LINS, L. F. et al. 2009. A importância da monitoria na formação acadêmica do monitor. Jornada de ensino, pesquisa e extensão, IX. Disponível online em: http://www.eventosufrpe.com.br/jepeX2009/cd/resumos/R0147-1.pdf. Acesso em: 04 mai. 2017.

MUSSAK, E. 2014. O mundo profissional de quem fala inglês é bem maior. Revista Você S/A. Disponível online em: https://exame.abril.com.br/carreira/por-que-falar-ingles/. Acesso em: 16 mar. 2018.

PEREIRA, J. D. 2007. Monitoria: uma estratégia de aprendizagem e de iniciação à docência. In: Mirza Medeiros dos Santos; Nostradamus de Medeiros Lins. (Org.). A monitoria como espaço de iniciação à docência: possibilidades e trajetórias. 9ª ed. Natal-RN: UFRN / EDUFRN / PROGRAD, v. 9, p. 69-80. Disponível online em: http://www.sistemas.ufrn.br/shared/verArquivo?idArquivo=1407859&key=552ec08335a76813f602b0ec0c60ed4d. Acesso em: 08 mai. 2017.

PILATTI, A. et al. 2011. O domínio da língua inglesa como fator determinante para o sucesso profissional no mundo globalizado. Secretariado Executivo em Revist@, v. 4, n. 4. Disponível online em: http://seer.upf.br/index.php/ser/article/view/1766. Acesso em: 12 mar. 2018.

SIMÃO, A. M. V. et al. 2008. Tutoria no ensino superior: concepções e práticas. Sísifo-Revista de ciências da educação, v. 7, p. 75-88. Disponível online em: https://www.researchgate.net/profile/Sandra_Raquel_Fernandes/publication/228735970_Tutoria_no_ensino_superior_concepes_e_prticas/links/00b4952dea9468c925000000.pdf. Acesso em: 26 abr. 2017.

SOUZA, P. R. A. 2009. A importância da monitoria na formação de futuros professores universitários. Âmbito Jurídico, Rio Grande, XII, n. 61. Disponível online em: http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=5990. Acesso em: 03 ago. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478 - Qualis "B3" (2017/2018)

______________________________________________________________________________