Imagem para capa

ESTUDO COMPARATIVO DE TERMOS TÉCNICOS EM LÍNGUA INGLESA DAS ÁREAS AERONÁUTICA E NAVAL EM INVESTIGAÇÕES E RELATÓRIOS DE SEGURANÇA

Sidnei Ferreira da Silva, Maria Claudia Bontempi Pizzi

Resumo


Este estudo analisa a influência de termos técnicos, no idioma inglês, das áreas aeronáutica e naval, áreas de conhecimento com seus próprios leques lexicais, compostos por vocábulos provindos de línguas maternas e de línguas estrangeiras que influenciam um determinado campo de atuação acadêmica e profissional. Identifica também a existência de termos compartilhados, em que uma área influencia outra, de forma que suas especificidades lexicais e jargões passam a ser usados em outro campo relacionado. Portanto, a pesquisa aqui exposta visa a realizar um estudo comparativo por meio da seleção de termos técnicos em língua inglesa, tendo como corpus investigações e relatórios de segurança das áreas aeronáutica e naval, com o intuito de verificar e detalhar a ocorrência de influência da área naval na formação da terminologia da aeronáutica, além de proporcionar uma oportunidade de busca detalhada por termos que possam contribuir para cursos de Inglês para Fins Específicos.

PALVARA-CHAVE: Aviação; ESP; Linguística de Corpus; Navegação; Segurança


Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, E. F. et al. O estudo da língua inglesa na engenharia. In: XL COBENGE, 2012. Disponível em: http://www.abenge.org.br/cobenge/arquivos/7/artigos/103843.pdf.

Acesso em: 14 maio 2019.

DIAS, F. G. R. Processamento estratégico e compreensão de leitura em inglês entre mestrandos da área de saúde. 2013. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Alagoas. Centro de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação. Maceió, 2013. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/esp/article/download/21315/15585. Acesso em: 21 out. 2018.

GONÇALVES, H. N. G. Análise dos verbos mais frequentes em manuais de manutenção de aeronaves: um estudo baseado em corpus. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso – Curso de Tecnologia em Manutenção de Aeronaves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, São Carlos, 2017.

HUTCHINSON, T.; WATERS, A. English for specific purposes: a learning-centred approach. Cambridge: Cambridge University Press,1987.

LOPES, J. Especificidades do uso do inglês (LE) na área técnica empresarial: a relação entre necessidades, planejamento de curso e material didático. 2008. 182 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.

PRABHU, N. S. There is no best method—why?. Tesol quarterly, v. 24, n. 2, p. 161-176, 1990.

SARDINHA, T. B. Linguística de Corpus: histórico e problemática. In: D.E.L.T.A., São Paulo, v. 16, n. 2, p. 323-367, 2000.

TERENZI, D. Princípios norteadores para o planejamento de cursos de línguas para propósitos específicos em curso superior tecnológico (manutenção de aeronaves): considerando visões de aprendizes, instituição formadora e empregadores. 2014. Tese (Doutorado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/5641/6396.pdf?sequence=1. Acesso em: 23 out. 2017.

WATERS, A. Participatory course evaluation in ESP. English for Specific purposes, v. 6, n. 1, p. 3-12, 1987.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478 - Qualis "B3" (2017/2018)

______________________________________________________________________________