INCLUSÃO DE ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECÍFICAS NAS AULAS DE LÍNGUA INGLESA EM ESCOLA REGULAR

Maiana Monteiro Gonçalves Dias

Resumo


No desafio de incluir ao lecionar pela prática de ensino de língua inglesa em sala de aula regular e nas inquietações docentes, visamos dialogar com profissionais de língua inglesa em sua prática profissional e compreender como percebem sua atuação no fomento da aprendizagem, bem como possíveis abordagens para que se fizesse a temporalidade do currículo de língua inglesa, pensado para o aprendente típico funcionar para o aprendente com necessidades educacionais específicas. Buscou-se interpretar as relações estabelecidas entre professor, estudante e comunidade escolar, por meio de questionário sobre a prática educacional corrente na prefeitura de São Paulo, do ponto de vista do professor de língua inglesa, que aborda não apenas as lacunas existentes na orientação para a prática docente, mas também a falta de diretrizes especificas em documentos oficiais e os principais dificultadores encontrados no dia-a-dia do professor.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, L. 2006. “Analytic Autoethnography”. Journal of Contemporary Ethnography, 35 (4): 373-395.

ELLIS, C. 2004. The Ethnographic I: A Methodological Novel about Autoethnography. Walnut Creek, CA: Altamira Press.

MADISON, D. S. 2012. Critical Ethnography: Methods, Ethics, and Performance. NY: Handbook of Performance Studies Sage Publications Incorporated.

MANTOAN, Maria Teresa Egler 2015. – Inclusão Escolar. O que é? Por quê? Como fazer? Novas Arquiteturas Pedagógicas Reimpressão São Paulo: Summus, 2015.

MELO BASTOS 2012. Avaliação escolar como processo de construção de conhecimento. Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 23, n. 52, p. 180-203, maio/ago. 2012.

MITTLER, Peter 2012. - Working Towards Inclusive Education: Social Contexts, David Fulton Publishers.

ORRU, S. E. 2017. Re-inventar da inclusão: Os desafios da diferença no processo de ensinar e aprender, Sílvia Ester ORRU. Editora Vozes.

PACHECO 2006. Caminhos para a Inclusão: Um Guia para o Aprimoramento da Equipe Escolar, José Pacheco. Artmed Editora S. A. 2007.

SÃO PAULO, SP 2017. Secretaria Municipal Da Educação. Coordenadoria Pedagógica. Currículo da Cidade de São Paulo: Ensino Fundamental; Língua Inglesa. São Paulo.

VIGOTSKY, L. S. A 1984. Formação Social da Mente, São Paulo. Editora Martins Fontes.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478 - Qualis "B3" (2017/2020)

______________________________________________________________________________