O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO DE METODOLOGIAS ATIVAS

Narjara Ferreira Mitsuoka

Resumo


O presente estudo analisa o processo de ensino-aprendizagem de língua inglesa por meio de metodologias ativas. Com objetivo de desenvolver competências cognitivas e socioemocionais e a consolidação das quatro habilidades comunicativas na língua inglesa, oferecemos uma ampla gama de oportunidades que contribuam para uma melhor formação acadêmico-profissional de nossos egressos de modo que consigam vislumbrar as demandas e o atual cenário do mercado de trabalho. O “Projeto Interdisciplinar Indústria 4.0” é realizado há dois anos com alunos de ensino superior do curso de Gestão da Produção Industrial da Faculdade de Tecnologia de Cotia, integrando as disciplinas de Inglês I, III e IV com as disciplinas Gestão da Produção Aplicada, Processos de Produção e Gestão da Cadeia de Suprimentos. Para sua realização, utilizamos, principalmente, a sala de aula invertida, Peer Instruction (aprendizagem em pares) e Problem-Based Learning (aprendizagem baseada em problemas ou projetos - PBL).


Texto completo:

PDF

Referências


CARLOS, V. G.; BORDINI, M. Ensino de língua estrangeira por meio de gêneros textuais: qual é a percepção dos professores em formação? Revista X, Volume 1, 2012.

COLENCI NETO, Alfredo. et al. Manual do projeto interdisciplinar do curso de Gestão Empresarial (AAPS). Disponível em: . Acesso em: 22 de agosto de 2020.

FERRAZ, A.; BELHOT, R.. Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos instrucionais. Gest. Prod., São Carlos, v. 17, n. 2, p. 421-431, 2010.

Manual Projeto Interdisciplinar 2018. Disponível em: . Acesso em: 22 de agosto de 2020.

MCTIGHE, J.; FERRARA, S. Assessing Learning in the classroom. National Education Association. Washington D.C., 1998.

OLIVEIRA, A. L. A. M. Gêneros textuais e língua inglesa em uso: uma análise das coleções aprovadas pelo PNLD/LE no Brasil. Trab. Ling. Aplic., Campinas, n(51.2): 305-317, jul./dez. 2012.

ROCHA, H. M.; LEMOS, W. M. Metodologias ativas: do que estamos falando? Base conceitual e relato de pesquisa em andamento. In.: SIMPÓSIO PEDAGÓGICO E PESQUISA EM OMUNICAÇÃO, 9, 2014. Anais... Rio de Janeiro: SIMPED, 2014. Disponível em: Acesso em: 20 de fevereiro de 2021.

SCHMITZ, E. Sala de aula invertida: uma abordagem para combinar metodologias ativas e engajar alunos no processo de ensino-aprendizagem (e-book). Programa de pós-graduação em tecnologias educacionais em rede – CE/UFSM. Núcleo de Tecnologia Educacional/UFSM (2016). Disponível em: < https://nte.ufsm.br/images/PDF_Capacitacao/2016/RECURSO_EDUCACIONAL/Ebook_FC.pdf>. Acesso em: 15 de janeiro de 2021.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478 - Qualis "B3" (2017/2020)

______________________________________________________________________________