ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS LINGUÍSTICAS E DE FORMATAÇÃO DE MANUAIS DE MANUTENÇÃO DE AERONAVES

Daniela Terenzi, Emily Migliato Cordeiro, Priscila de Luna Farias

Resumo


Manuais de manutenção de aeronaves são utilizados diariamente por mecânicos, pilotos e outros profissionais da área de aviação. Esses manuais estão escritos, na sua maioria, em língua inglesa. Cada fabricante de aeronaves tem sua própria padronização, mas há um documento de orientação para elaboração de tais manuais. Considerando que há pesquisas sobre erros de manutenção em aeronaves e a relação com problemas de interpretação de documentos, é necessário atenção especial a esses documentos. Assim sendo, este artigo mostra os resultados obtidos em uma pesquisa realizada como iniciação científica, na qual foram analisados dois manuais de manutenção de aeronaves de grande porte, de fabricantes diferentes, em relação às estruturas linguísticas mais recorrentes e a aspectos da formatação, tendo como base o documento norteador para elaboração de manuais e outros estudos nessa área.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTHONY, L. AntConc. Versão 3.4.4. Tokyo: Waseda University. 2014. Disponível em: . Acesso em: 22/06/2018.

ASD. AEROSPACE AND DEFENCE INDUSTRIES ASSOCIATIONS OF EUROPE. Simplified Technical English (ASD-STE100): International specification for the preparation of technical documentation in a controlled language. Issue 7, 2017. Disponível em: . Acesso em: 22/06/2018.

BERBER SARDINHA, T. Lingüística de Corpus: histórico e problemática. D.E.L.T.A., São Paulo, v. 16, n. 2, p. 323-367, 2000.

CHIARELLO, O. KNEZEVIC, J. The Role of Simplified Technical English in Aviation Maintenance. 2013. Disponível em . Acesso em: 22/06/2018.

DAMBREVILLE, S. C.; BÉTRANCOURT, M. Ergonomie des documents numériques. Documents numériques Gestion de contenu, Ed. Techniques de l’Ingenieur, 2001, pp.14. Disponível em: . Acesso em: 30/10/2018.

DRURY, C. G.; SARAC, A.; DRISCOLL, D. M. Documentation design aid development. In: Human Factors in Aviation Maintenance Phase VII: Progress Report. Washington, DC: Federal Aviation Administration/Office of Aviation Medicine, pp. 75 -107. 1997.

KADER, C. C. C.; RICHTER, M. G. Linguística de corpus: possibilidades e avanços. Instrumento. Juiz de Fora, v. 15, n. 1, jan./jun. 2013.

TERENZI, D.; OLIVEIRA, S. M. Inglês para Aviação: guia de estudos da língua inglesa para estudantes e profissionais da área de manutenção de aeronaves. 1. ed. Curitiba: CVR, 2016. 300p.

ZAFIHARIMALALA, H.; ROBIN, D.; TRICOT, A. Why Aircraft Maintenance Technicians Sometimes Do Not Use Their Maintenance Documents: Towards a New Qualitative Perspective. The International Journal of Aviation Psychology, 24(3), 190–209. 2014.

ZAFIHARIMALALA, H.; TRICOT, A. Text signals in the aircraft maintenance documentation. MAD, Multidisciplinary Approaches to Discourse, Moissac, March 17-20. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478 - Qualis "B3" (2017/2018)

______________________________________________________________________________