A TRAJETÓRIA DO LIVRO DIDÁTICO NO ENSINO DE LÍNGUA ESPANHOLA: REFLEXÕES SOBRE O USO DO MANUAL DO PROFESSOR COMO APOIO PEDAGÓGICO

Simone Cristina Mussio, Silvana Aparecida Duarte da SILVA

Resumo


Este trabalho tem como objetivo explanar como se deu a trajetória do livro didático (LD) no ensino da língua espanhola no Brasil, bem como mostrar como funciona o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e quais as diretrizes que o subsidiam. Pautado em uma pesquisa bibliográfica, galga demonstrar como o livro didático foi introduzido no Brasil e qual é o seu papel no ensino de línguas. Somado a isso, será também introduzida uma breve discussão sobre o uso do Manual do Professor (MP), observando sua importância no contexto de ensino-aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Guia de Livros Didáticos PNLD 2012 Ensino Médio- Língua Estrangeira Moderna. Brasília, DF: MEC, 2011. Disponível em:

. Acesso em: 31 nov. 2016.

______. Guia de Livros Didáticos PNLD 2015 Língua Estrangeira. Brasília, DF: Moderna; MEC, 2014. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2016.

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Brasília, MEC, 1996. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2016.

______. Lei Nº 11.161, de 5 de agosto de 2005. Dispõe sobre o ensino da língua espanhola. Disponível em: . Acesso em 28 out. 2015.

______. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. PCNs: Parâmetros Curriculares Nacionais, Brasília, DF, MEC, 2006. Disponível em: . Acesso em 15 jun. 2016. 83.

______. Guia de livros didáticos: PNLD 2011: Língua estrangeira moderna. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2010.

______. Recomendações para uma política pública de livros didáticos. Brasília: MEC/SEF, 2001.

BATISTA, A. A. G. A avaliação dos livros didáticos: para entender o programa nacional do livro didático (PNLD). In: ROJO, R.; BATISTA, A. A. G. (Org.). Livro didático de Língua Portuguesa, letramento e cultura da escrita. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003.

BUFREM, L.S.; SCHMIDT, M. A.; GARCIA, T. M. F. B. Os manuais destinados a professores como fontes para a história das formas de ensinar. Revista HISTEDBR On-line. Campinas, n. 22, p.120-130, 2006.

CORACINI, M. J. (Org.). Interpretação, autoria e legitimação do livro didático. São Paulo: Pontes, 1999.

ERES FERNÁNDEZ, I. G. M. La producción de materiales didácticos de Español lengua extranjera en Brasil. En: Anuario Brasileño de Estudios Hispánicos. Suplemento – El his-panismo en Brasil. Madrid: Ministerio de Educación, Cultura y Deporte/Embajada de España en Brasil/Consejería de Educación y Ciencia, 2001, p. 59-80.

LAJOLO, Marisa. Livro didático: um (quase) manual de usuário. Em Aberto, v. 16, n. 69, 1996.

LESSA, G. S. M. “Lá na América Latina...”: Um estudo sobre a (re)construção das identidades culturais na sala de aula de espanhol LE. 2004. 161 f. Dissertação (Mestrado em linguística) – Faculdade de Letras, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.

______. Memórias e identidades latino-americanas invisíveis e silenciadas no ensino-aprendizagem de espanhol e o papel do professor. In: ZOLIN-VESZ, F. (Org.). A (In)Visibilidade da América Latina no Ensino de Espanhol. Campinas: Pontes, 2013. p. 17 - 28.

MEDEIROS, V. G.; PACHECO, D. Materiais didáticos de Língua Portuguesa: reflexões acerca do lugar do professor. In: DAHER, D. C.; GIORGI, M. C.; RODRIGUES, I. C. (Org.). Trajetórias em enunciação e discurso: práticas de formação docente. São Carlos: Claraluz, 2009.

ORLANDI, E. Linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. 2 ed. São Paulo: Pontes, 1987.

PICANÇO, D. C. L. História, Memória e Ensino de Espanhol: (1942-1990). Curitiba: UFPR, 2003.

REGISTRO, E. S. R.; STUTZ, L. Textos prescritivos e o trabalho do professor no curso de Letras. In: CRISTOVÃO, V. L. L. (Org.). Estudos da Linguagem à luz do Interacionismo Sociodiscursivo. Londrina: UEL, 2008. p.163-177.

SCHEYERL, D; SIQUEIRA, S. Materiais didáticos para o ensino de línguas na contemporaneidade: Contestações e Proposições. Salvador: EDUFBA, 2012.

SOUZA, D. M. Autoridade, autoria e livro didático. In: CORACINI, M. J. F. (Org.). Interpretação, autoria e legitimação do livro didático. Campinas: Pontes, 1999.

ZOLIN-VESZ, F. A (In)Visibilidade da América Latina no Ensino de Espanhol. Campinas: Pontes, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2526-4478 - Qualis "B3" (2017/2018)

______________________________________________________________________________